Featured

Maça vermelha e maça verde

Seu vermelho é o mesmo que o meu vermelho?

Desde pequenos somos educados que maçãs, sangue e morangos são vermelhos, mas como saber se o que você define como vermelho é o mesmo que o resto da população?

Diferentemente de fatores como temperatura e massa, cor não existe fisicamente, na verdade ela é criada em nosso cérebro. Nosso cérebro interpreta certos comprimentos de onda da luz transformando em determinada cor. Comprimento de ondas maiores geram cores mais quentes, como vermelho.

Podemos medir o comprimento de onda de uma maçã vermelha e ter um diferente valor de uma maçã verde, porém não podemos medir a forma como o cérebro de cada pessoa irá interpretar a informação do comprimento de onda da maçã vermelha. Um drástico exemplo disso são as pessoas daltônicas, que possuem variações no número de células que captam as informações de comprimento de onda, levando assim a não distinção de determinadas cores.

A forma como vemos o céu azul, a grama verde e o morango vermelho, está ligada com a capacidade biológica de nossos olhos captarem os diferentes comprimentos de onda, e na forma como nosso cérebro interpreta tal informação.

Temos ainda a chamada constância de cor, onde somos enganados por nosso cérebro a enxergamos determinada cor sempre da mesma maneira. Um objeto azul, por exemplo, permanece azul quando visto ao meio dia e quando visto a luz de vela, que é uma fonte de luz vermelha.

Featured
  1. Pingback: Isso não é amarelo - Blog | Hatsu

Leave a comment